11 de setembro: 46 anos do golpe no Chile.

No dia 11 de setembro de 1973, portanto há 46 anos, a burguesia chilena em consonância com o imperialismo yankee tomavam uma atitude de força, executada pelas mãos dos seus capachos militares: o golpe militar que derrubou Salvador Allende e iniciou a ditadura de Pinochet.

Trazemos para os camaradas e leitores do Cem Flores, o Dossiê “40 anos do golpe militar no Chile”, de 2013, do Marxismo 21 (https://marxismo21.org/40-anos-do-golpe-militar-no-chile/), que foi atualizado e ampliado hoje.

Ressaltamos a lição para todos os comunistas e lutadores do povo, sob a forma da frase icônica do comandante Che Guevara, de que “não devemos confiar no imperialismo nem um tantinho assim, nada!

Para nós, isso significa, desconfiar das classes e setores de classes burgueses e pequenos burgueses supostamente “aliados”. A classe operária e o povo pobre ao seu redor devem marchar de forma independente e sob a liderança da classe operária, em defesa dos seus interesses. Devemos confiar e nos apoiar nessa marcha independente. Devemos destruir a máquina de estado burguesa, estimulando o poder das organizações de massas de todos os tipos, lá os Cordones Industriales, na Venezuela os Círculos Bolivarianos e Centros Comunales, na URSS os Sovietes.

Entender que a democracia que queremos é aquela em que os operários organizados estejam com os fuzis nos ombros reunidos sob os seus interesses e organizando o povo.