A crônica deste novo governo foi feita há um século por Lima Barreto: é a crônica de todos os governos da classe dominante.

Faz cinco anos que, para homenagear mais uma vez que o PT se ajoelhou para o capital financeiro, daquela vez a servidão de Dilma ao Bradesco com a nomeação de Joaquim Levy ao Ministério da Fazenda, publicamos o Sonetinho Bradesquiano. Por uma dessas farsas irônicas da história, não é que o eclético arroz de festa “Ex-Chicago Boy/Ex-FMI/Ex-Banco Mundial/Ex-Economista-Chefe do Planejamento de FHC/Ex-Secretário do Tesouro de Lula/Ex-Secretário da Fazenda de Sérgio Cabral/Ex-Ministro da Fazenda de Dilma”, agora é o Presidente do […]

Leia mais

Aprender com os Panteras Negras

Nos anos 1960, o povo negro dos Estados Unidos se levantava contra a exploração e a opressão do sistema racista. A repressão foi feroz, inclusive assassinando grandes lideranças, como Malcolm X. Em 1966, essa luta ganha um novo patamar com a fundação do Partido Pantera Negra para Autodefesa, uma organização revolucionária, de inspiração marxista-leninista. Durante vários anos, os Panteras Negras organizaram o povo negro em uma luta por melhores condições de vida, fim da violência policial, por liberdade, por respeito… […]

Leia mais

“Aurora, entretanto eu te diviso…”

A Noite Dissolve Os Homens “A noite desceu. Que noite! Já não enxergo meus irmãos. E nem tão pouco os rumores que outrora me perturbavam. A noite desceu. Nas casas, nas ruas onde se combate, nos campos desfalecidos, a noite espalhou o medo e a total incompreensão. A noite caiu. Tremenda, sem esperança… Os suspiros acusam a presença negra que paralisa os guerreiros. E o amor não abre caminho na noite. A noite é mortal, completa, sem reticências, a noite […]

Leia mais

A Prostituição e as Maneiras de Combatê-la – Alexandra Kollontai

Camaradas e leitores. Reproduzimos abaixo uma intervenção da comunista Alexandra Kollontai na Terceira Conferência de toda Rússia de Líderes dos Departamentos Regionais das Mulheres, em 1921. Destaca-se no texto sua profunda visão científica e revolucionária de uma questão que, passados quase 100 anos, ainda é incompreendida por aqueles que resistem a utilizar o materialismo histórico como guia teórico e prático. Hoje, em que a energia e a luta das mulheres impulsiona a luta de classes em nosso país, compreender a […]

Leia mais

Maior preocupação com a vida das massas e maior atenção aos métodos de trabalho

Reproduzimos o texto de Mao Tse Tung que, como informa o site e nossa fonte marxists.org, “constitui uma parte das conclusões apresentadas pelo camarada Mao Tse Tung ao II Congresso Nacional dos Delegados dos Operários e Camponeses, realizado em Jueiquin, província de Quiansi, em Janeiro de 1934.” A nosso ver, o texto apresenta importantes contribuições para o atual momento político do movimento comunista. Movimento este em nível rudimentar de reorganização, sob forte ofensiva ideológica do inimigo, e com a tarefa […]

Leia mais

Outubro e nós (Parte III)

Reproduzimos nessa publicação a 3ª parte do texto Outubro e Nós, do camarada Ângelo Novo, publicado recentemente na edição nº 27 de O Comuneiro. Como indica a apresentação da revista “Ângelo Novo prossegue com a terceira parte da sua pesquisa refletida sobre o significado dos caminhos de outubro para a nossa própria circunstância atual. Desta feita, o objeto em estudo abrange a própria revolução bolchevique, dos decretos sobre a paz e a terra até à morte de Lenine. Aqui se concentra, […]

Leia mais

10 anos do Cem Flores.

Camaradas e leitores. Há 10 anos lançamos nosso blog, hoje site. Como nos apresentamos então, a ideia era (e é) ser “um espaço construído por um coletivo de companheiros com o objetivo de atingir aqueles que, através do marxismo, optaram por pensar com suas próprias cabeças e desejam um espaço para esgrimirem suas ideias sobre o rumo do socialismo e a teoria que o ilumina.” Em nosso artigo inaugural (Por que razão discutir a crise do Marxismo?) afirmamos que “muito mais […]

Leia mais

Louis Althusser: Como Alguma Coisa de Substancial Pode Mudar no Partido? (Inédito, 1970), seguido de A Contradição Principal (capítulo do Livro sobre o Imperialismo. Inédito, 1973)

Apresentação e tradução, por Cem Flores   Devido à grande repercussão da tradução da “Advertência” do Livro sobre o Imperialismo, de Louis Althusser (http://cemflores.org/index.php/2018/08/26/louis-althusser-livro-sobre-o-imperialismo-inedito-1973-apresentacao-e-traducao-da-advertencia-por-cem-flores/), e aos pedidos de alguns camaradas, traduzimos a seguir dois outros trechos do livro Escritos sobre a História (1963-1986)[1], publicado recentemente com material inédito dos arquivos deixados por Althusser. Os textos que apresentamos aos leitores, pela primeira vez em tradução para o português, são: “Como Alguma Coisa de Substancial Pode Mudar no Partido?”, datado de 28 […]

Leia mais

Louis Althusser: Livro sobre o Imperialismo (Inédito, 1973) Apresentação e tradução da “Advertência”, por Cem Flores

“Essa é a única coisa que este pequeno livro pretende mostrar: que a luta de classes é o motor da história do capitalismo, portanto também de sua etapa imperialista. Uma coisa elementar”. (pg. 212). “Aqui está a linha de demarcação radical: relacionar tudo à luta de classes como a causa em última instância” (pg. 232). “Eu estou convencido que existem comunistas, sim, comunistas, para os quais apenas a classe operária conduz a luta de classes… mas a ideia de que […]

Leia mais

O exército de mulheres da ALN

Reproduzimos nessa publicação matéria jornalística de Renato Dias que saiu no site Diário da Manhã. Exército de mulheres da ALN Setor de inteligência era de duas mulheres. Zilda Paula Xavier desempenhou papel-chave no estabelecimento de contatos no campo, para organizar a partida e o financiamento ao Araguaia, Mato Grosso e Pará Setor de inteligência era de duas mulheres. Iara Xavier Pereira, a locutora da Rádio Libertadora. Ana Maria Nacinovic, além de metralhar, desenhava para os periódicos Ações armadas iam desde […]

Leia mais
1 2 3