A Autoeuropa e a crise do sindicalismo – António Barata

O site Bandeira Vermelha publicou no último dia 26/10 artigo do camarada António Barata intitulado A Autoeuropa e a crise do sindicalismo. O artigo mostra, a partir da rejeição dos trabalhadores portugueses dessa montadora alemã ao acordo estabelecido entre a administração da empresa e a comissão de trabalhadores, a gritaria generalizada dos porta-vozes da classe dominante (inclusive daqueles no seio do movimento operário) à resistência operária que repudiou as decisões de seus “representantes” (na verdade representantes dos inimigos) A partir disso […]

Leia mais

O “bombardeio” ao trabalho continua no Brasil

Eu preciso também de um lugar para morar, né? Que não seja para mim, porque eu não sei o dia de amanhã, mas que seja para os meus filhos que estão aí crescendo, dois adolescentes, para deixar alguma coisa, para eles não ter que passarem a mesma história que eu passei. […] Às vezes, eu falo assim e a história passa na cabeça. Porque eu lembro dos meus filhos, lembro da minha mãe também passando muita humilhação, onde ela vinha […]

Leia mais

Construir um novo movimento comunista

  Temos claro que o principal problema do caminho revolucionário no Brasil passa pela reconstrução do Partido do Proletariado, o instrumento independente de luta da classe operária e do povo na revolução. A defensiva na luta da classe operária hoje é, em grande medida, resultado do fato de que há anos ela luta com a posição do inimigo no posto de comando, ela luta, em sua quase totalidade, sob a direção de organizações com posições burguesas (revisionistas, reformistas ou esquerdistas). […]

Leia mais

O movimento sindical na crise do capitalismo brasileiro

Em diversas intervenções recentes o Blog Cem Flores tem mostrado a grande ofensiva burguesa sobre as condições de trabalho, de luta e de vida das classes dominadas no Brasil[1]. A crise do capitalismo brasileiro abriu um novo e duro período no qual a exploração e a opressão da classe operária e demais setores do povo estão se aprofundando rapidamente. Várias dessas derrotas e retrocessos estão sendo sacramentados pelo Estado burguês em novas legislações, fazendo que “direitos” e conquistas de décadas […]

Leia mais

A Greve Geral Contra as “Reformas” do Capital: os trabalhadores se levantam!

Blog Cem Flores ‍ ‍ Ônibus parados nas garagens. Trens e metrôs funcionando precariamente. Manifestações em aeroportos. Bloqueios em rodovias. Escolas sem aulas. Trabalhadores fora dos seus locais de trabalho, se manifestando nas ruas e nas praças país afora. Repressão das forças policiais do aparelho repressivo do estado burguês. ‍ Isso foi o que aconteceu nessa sexta, dia 28 de abril, quando os trabalhadores praticamente pararam o Brasil, de norte a sul, por um dia. ‍ Pararam para resistir contra […]

Leia mais

A Crise Atual Representa a Ofensiva do Capital Contra o Proletariado em Todas as Frentes. É Preciso Resistir!

Cem Flores ‍ Na semana passada, a classe operária e as demais classes dominadas foram novamente golpeadas com duas notícias sobre a continuidade da crise no Brasil. Na quinta, 30 de março, Temer sancionou o projeto aprovado na Câmara dos Deputados tornando lei a terceirização irrestrita. Até a própria imprensa burguesa teve que reconhecer que a nova lei não tem “salvaguarda para o trabalhador”[1]. Na sexta, dia 31, o IBGE divulgou que a taxa de desemprego até fevereiro bateu novo […]

Leia mais

152 Anos da Associação Internacional dos Trabalhadores: a atualidade e lições de sua Mensagem Inaugural.

Neste mês se comemora os 152 anos do surgimento da Associação Internacional dos Trabalhadores, esse esforço heroico e original do proletariado mundial em sua luta contra o capital. Os comunistas e fundadores do marxismo foram desde o início dedicados militantes e dirigentes dessa organização, colaborando, através da luta política e ideológica com outras correntes do movimento operário, para que a classe cumprisse seu objetivo: emancipar-se por conta própria. A “1ª Internacional” acabou em 1872, sendo um marco sobre o qual […]

Leia mais

A rápida deterioração das condições de reprodução da classe operária e demais classes trabalhadoras no Brasil

[Nas crises] param as máquinas, ou então só as fazem trabalhar em parte do tempo, mais ou menos meio dia de trabalho; o salário baixa devido à concorrência entre desempregados, à redução do tempo de trabalho e a falta de vendas lucrativas; e à miséria geral entre os trabalhadores; as eventuais pequenas economias dos particulares são rapidamente devoradas, as instituições de beneficência veem-se assoberbadas, o imposto para os pobres duplica, triplica e contudo permanece insuficiente, o número de famintos cresce […]

Leia mais

A legalização da classe operária de Bernard Edelman

Fruto de um trabalho coletivo de tradutores e colaboradores, a publicação do livro A legalização da classe operária[i] (Boitempo, 2016), do advogado francês Bernard Edelman, vem minimizar uma lacuna no mundo editorial brasileiro. Lacuna que diz da ausência quase absoluta de novas edições e traduções das obras do grupo de militantes que, como Edelman, compartilhava das teses do militante comunista Louis Althusser. A recente publicação da editora Unicamp, Por Marx (Coleção Marx 21, 2015), de Althusser, também se insere nesse […]

Leia mais

Programa de Proteção ao Emprego (sic): caminho para novas formas de exploração da classe operária com o apoio da CUT e do sindicato dos metalúrgicos do ABC

O Congresso Nacional aprovou o chamado Programa de Proteção ao Emprego – PPE, instituído pelo governo Dilma/PT. O que vamos mostrar nesse artigo é que, apesar do nome, o PPE não constitui política para proteger o emprego, nem mesmo o dos trabalhadores das empresas que entram no programa. O PPE representa sim a abertura para novas formas de intensificação da exploração da classe operária pela burguesia, sancionada pelo Estado burguês sob a direção do PT e com o aval do […]

Leia mais
1 2