Sobre o bicentenário de Karl Marx. Em memória de um dirigente revolucionário do proletariado!

‍ Era, assim, o homem de ciência. Mas isto não era sequer metade do homem. A ciência era para Marx uma força historicamente motora, uma força revolucionária. Por mais pura alegria que ele pudesse ter com uma nova descoberta, em qualquer ciência teórica, cuja aplicação prática talvez ainda não se pudesse encarar — sentia uma alegria totalmente diferente quando se tratava de uma descoberta que de pronto intervinha revolucionariamente na indústria, no desenvolvimento histórico em geral. […] Pois, Marx era, […]

Leia mais

Os impactos iniciais dos primeiros seis meses da reforma trabalhista

Em mais um 1º de Maio, o trabalhador tem pouco ou quase nada a comemorar – e muito ou por quase tudo a lutar. Seja pelo persistente flagelo do desemprego, que voltou a crescer em plena “recuperação”(sic) econômica, como anunciou o IBGE no dia 27/04/2018[1] – e com ele a dura realidade da miséria, que só aumenta e se consolida[2]. Seja, para aqueles que possuem a estranha sorte de estar na máquina de moer do capital, pelas condições precárias de […]

Leia mais

Reafirmar a Necessidade de uma Posição Política Independente do Proletariado na Luta de Classes

Sobre a prisão de Lula e o caráter de partido burguês do PT   [Os proletários] não devem se deixar cativar […] pela retórica dos democratas, como, por exemplo: dessa maneira se estaria fracionando o partido democrático e dando à reação a possibilidade de chegar à vitória. No final das contas, todo esse fraseado vazio tem um único propósito: engambelar o proletariado. Os avanços que o partido proletário poderá fazer através dessa atuação independente são infinitamente mais importantes do que […]

Leia mais

O Sal da Terra

Em homenagem ao 8 de março, Dia Internacional das Mulheres indicamos, abaixo, o filme O Sal da Terra (1954) dirigido por Herbert J. Biberman e com roteiro de Michael Wilson. Baseado em fatos reais o filme retrata uma greve de mineiros no Novo México, EUA e destaca, principalmente, a combatividade, a coragem, a alegria e o vigor das mulheres ao assumirem a vanguarda da luta do proletariado. Importante destacar que no filme, magistralmente dirigido e com roteiro magnífico, a maioria dos […]

Leia mais

A atual reforma trabalhista e a luta de classes no Brasil – 2ª parte

Acesse aqui a 1ª parte desse texto. ‍ Para aprimorar a análise e a resistência Com a reforma aprovada, é preciso não só analisar os impactos imediatos e futuros para a luta de classes, mas também entender as razões pelas quais a resistência a esta não logrou êxito. Em primeiro lugar, o reformismo, que hoje branda, na maior parte como blefe, contra a reforma, pouco tempo atrás era o elemento articulador da mesma. O Programa de Proteção ao Emprego (PPE)[1] […]

Leia mais

A atual reforma trabalhista e a luta de classes no Brasil – 1ª parte

A atual reforma trabalhista brasileira, aprovada e sancionada em 2017, é uma resposta explícita à conjuntura de crise por parte das diversas frações da burguesia[1]. Em seu discurso ideológico, a reforma visa, sobretudo, a retomada da economia, do emprego e da renda, ao elevar condições de produtividade e competitividade do país. Traduzindo para a classe operária: visa melhorar/retomar as condições para acumulação dos capitais resididos aqui via aumento da exploração e da dominação de classe. Em vez de uma mera […]

Leia mais

A mulher é o futuro do homem

O coletivo Cem Flores reproduz nesta postagem o texto, “A mulher é o futuro do homem“, produzido pela camarada Ana Barradas para o site Bandeira Vermelha. ‍ ‍ A mulher é o futuro do homem Ana Barradas ‍‍ Só a luta das mulheres pelos seus direitos poderá conferir um cunho feminista à luta geral pela emancipação e só essa marca imposta pelas mulheres à luta geral poderá salvar a revolução futura de soçobrar. Nos primeiros dias de Janeiro de 2018, […]

Leia mais

A Autoeuropa e a crise do sindicalismo – António Barata

O site Bandeira Vermelha publicou no último dia 26/10 artigo do camarada António Barata intitulado A Autoeuropa e a crise do sindicalismo. O artigo mostra, a partir da rejeição dos trabalhadores portugueses dessa montadora alemã ao acordo estabelecido entre a administração da empresa e a comissão de trabalhadores, a gritaria generalizada dos porta-vozes da classe dominante (inclusive daqueles no seio do movimento operário) à resistência operária que repudiou as decisões de seus “representantes” (na verdade representantes dos inimigos) A partir disso […]

Leia mais

O “bombardeio” ao trabalho continua no Brasil

Eu preciso também de um lugar para morar, né? Que não seja para mim, porque eu não sei o dia de amanhã, mas que seja para os meus filhos que estão aí crescendo, dois adolescentes, para deixar alguma coisa, para eles não ter que passarem a mesma história que eu passei. […] Às vezes, eu falo assim e a história passa na cabeça. Porque eu lembro dos meus filhos, lembro da minha mãe também passando muita humilhação, onde ela vinha […]

Leia mais

Construir um novo movimento comunista

  Temos claro que o principal problema do caminho revolucionário no Brasil passa pela reconstrução do Partido do Proletariado, o instrumento independente de luta da classe operária e do povo na revolução. A defensiva na luta da classe operária hoje é, em grande medida, resultado do fato de que há anos ela luta com a posição do inimigo no posto de comando, ela luta, em sua quase totalidade, sob a direção de organizações com posições burguesas (revisionistas, reformistas ou esquerdistas). […]

Leia mais
1 2 3