Maior preocupação com a vida das massas e maior atenção aos métodos de trabalho

Reproduzimos o texto de Mao Tse Tung que, como informa o site e nossa fonte marxists.org, “constitui uma parte das conclusões apresentadas pelo camarada Mao Tse Tung ao II Congresso Nacional dos Delegados dos Operários e Camponeses, realizado em Jueiquin, província de Quiansi, em Janeiro de 1934.” A nosso ver, o texto apresenta importantes contribuições para o atual momento político do movimento comunista. Movimento este em nível rudimentar de reorganização, sob forte ofensiva ideológica do inimigo, e com a tarefa […]

Leia mais

Balanço das Greves em 2017: é preciso reforçar a resistência nos locais de trabalho

No mês de setembro, o DIEESE – Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos publicou o Balanço das Greves de 2017[i]. Esse Balanço é o principal estudo sobre o assunto no país, e apresenta um bom panorama sobre a atividade sindical e as lutas dos trabalhadores. Apesar do baixo nível de organização sindical no Brasil, hegemonizado pelo reformismo e pelo oportunismo[ii], os dados demonstram que os trabalhadores, em 2017, continuam resistindo e lutando. Até mesmo com o agravamento da conjuntura […]

Leia mais

As Eleições de 2018 e a Necessidade de Continuar e Aprofundar a Resistência das Classes Dominadas

Como já era apontado pelas pesquisas de intenções de voto, o candidato fascista, de extrema-direita, será o novo presidente do Brasil a partir do ano que vem. Contados os votos do segundo turno, novamente mais de um quarto do eleitorado brasileiro não compareceu à votação, votou em branco ou anulou o seu voto – por volta de 42,5 milhões de pessoas, número maior que o do primeiro turno. Dos 105 milhões que votaram em algum candidato, Bolsonaro (PSL) venceu, com […]

Leia mais

Sobre o segundo turno das eleições 2018. O caminho é o proletariado e as classes exploradas ampliarem sua organização, sua resistência e sua luta contra o inimigo de classe.

O segundo turno das eleições burguesas de 2018 para presidente será disputado – como não poderia deixar de ser, dadas as alternativas existentes – entre dois candidatos burgueses, de dois partidos burgueses, que defendem o capitalismo e as posições e o programa da burguesia. Sobre isso já nos posicionamos recentemente no texto “Sobre as Eleições 2018. Análise da Crise Econômica e Política no Brasil de hoje”, de 11 de setembro. Contados os votos do primeiro turno, mais de um quarto […]

Leia mais

Só com o povo nas ruas se derrota o fascismo!

O caminho é continuar nas ruas: contra todos que nos oprimem e nos exploram! No dia 29/09/2018, dezenas de cidades no país e no exterior realizaram manifestações contra o crescimento do fascismo, expresso na candidatura de Jair Bolsonaro. As centenas de milhares de pessoas que participaram desse dia de luta saíram das redes sociais e foram para as ruas, enfrentando todo tipo de ameaças e agressões que as hordas fascistas realizaram nos últimos dias. Além do visível papel de vanguarda […]

Leia mais

O fascismo se combate nas ruas!

O fascismo se derrota nas ruas, nos locais de trabalho, nas escolas, em cada luta concreta, sob a bandeira vermelha do socialismo. Não há luta definitiva e final contra os preconceitos, as opressões, as discriminações que não seja sob a luta pelo fim do capitalismo, contra a exploração de classes. Nem pode existir socialismo sem dar cabo dessas demandas. Mulheres, trabalhadores, negros, LGBTIs e explorados, dia 29 de setembro será mais um dia de luta.

Leia mais

Sobre as eleições 2018. Análise da crise econômica e política no Brasil hoje.

Na postagem anterior, de 7 de setembro (http://cemflores.org/index.php/2018/09/07/sobre-as-eleicoes-burguesas-de-2018-uma-posicao-comunista/), denunciamos o caráter burguês das atuais eleições e o consenso de fundo existente entre as candidaturas da direita e da “esquerda”. Afirmamos que a posição comunista em tal conjuntura é combater aqueles que defendem a via institucional para resolução da grave situação enfrentada pelo proletariado e demais classes dominadas. Ao mesmo tempo, os comunistas devem se empenhar na urgente (re)construção da classe operária enquanto força política real e independente. Na presente postagem, publicamos […]

Leia mais

Sobre as eleições burguesas de 2018. Uma posição comunista.

No próximo mês de outubro serão realizadas novas eleições gerais no Brasil. Sairão das urnas presidente, governadores, senadores e deputados, todos responsáveis por gerenciar a dominação e a exploração capitalista no país. Seguindo uma dança coreografada inúmeras vezes, direita e “esquerda” se lançam de corpo e alma na disputa, cordiais e hipócritas “inimigos” como mostram a foto acima e a solidariedade ao fascista esfaqueado. Como acontece a cada quatro anos, as eleições burguesas sempre preservam o seu caráter geral – […]

Leia mais

O exército de mulheres da ALN

Reproduzimos nessa publicação matéria jornalística de Renato Dias que saiu no site Diário da Manhã. Exército de mulheres da ALN Setor de inteligência era de duas mulheres. Zilda Paula Xavier desempenhou papel-chave no estabelecimento de contatos no campo, para organizar a partida e o financiamento ao Araguaia, Mato Grosso e Pará Setor de inteligência era de duas mulheres. Iara Xavier Pereira, a locutora da Rádio Libertadora. Ana Maria Nacinovic, além de metralhar, desenhava para os periódicos Ações armadas iam desde […]

Leia mais

Bolsonaro e a chacina de Eldorado do Carajás.

No último dia 13 de julho o candidato a presidente Jair Bolsonaro esteve em Eldorado dos Carajás, no sudeste paraense, em campanha. Lá, na Curva do S, local em que foram mortos no mínimo 19 camponeses em 1996, essa figura sinistra disse que “Quem tinha que estar preso era o pessoal do MST [Movimento dos Sem Terra], gente canalha e vagabunda. Os policiais reagiram para não morrer….” (https://noticias.uol.com.br/politica/eleicoes/2018/noticias/agencia-estado/2018/07/14/no-para-bolsonaro-defende-pm-por-massacre-em-carajas.htm). Esse candidato, que vem se esforçando para ser o representante principal da […]

Leia mais
1 2 3 7