CEM FLORES

QUE CEM FLORES DESABROCHEM! QUE CEM ESCOLAS RIVALIZEM!

Cultura, Lutas

Lançamentos do livro Anti-Dimitrov 1935/1985 – meio século de derrotas da revolução, de Francisco Martins Rodrigues.

Compreender as causas da crise que atingiu o marxismo é fundamental para a necessária retomada da posição independente da classe operária, para a retomada da perspectiva revolucionária na luta de classes. Na conjuntura atual, de ofensiva conservadora e reacionária das posições burguesas no Brasil e no mundo, essa questão reveste-se de maior importância.

É com a intenção de conhecer e debater um pouco da história do movimento comunista internacional que convidamos a toda(o)s para o lançamento em Belém do livro Anti-Dimitrov: 1935-1985, meio século de derrotas da revolução, de Francisco Martins Rodrigues.

Francisco Martins Rodrigues (1922-2008), comunista português e dirigente da organização Politica Operária (de Portugal), critica nesse livro a posição de incorporação dos partidos comunistas a plataformas conjuntas com a social-democracia, posição adotada no 7º Congresso da Internacional Comunista (1935), encabeçada pelo secretário geral da IC, Jorge Dimitrov. 

Como está na contracapa do livro:

A ideia lançada no 7º Congresso da Internacional Comunista, da unidade de interesses de todo o povo na luta contra o imperialismo, o fascismo e a guerra, fez um longo caminho, semeando esperanças e derrotas, das Frentes Populares em Espanha e França às Democracias Populares do Leste; da Unidade Popular no Chile ao 25 de abril em Portugal. 

É hora de questionar as ideias de Dimitrov à luz do marxismo. O abandono pela classe operária da plataforma política própria que lhe fora dada por Lenin e pela revolução russa serve ao povo ou ao imperialismo? É uma necessidade do mundo moderno ou resulta da pressão pequeno-burguesa para afogar a revolução proletária? 

A crítica ao centrismo, como forma original do oportunismo do século XX e da nossa época, é o tema deste trabalho, que tenta uma nova avaliação de Dimitrov, Stálin, Mao, Bukharin… Para chegar a uma velha conclusão, há muito esquecida: se a classe operária não puder contar consigo própria, não poderá contar com mais ninguém.

O debate contará com a presença da militante comunista portuguesa Ana Barradas, também dirigente da Política Operária, que fará a apresentação do livro, e de Fauze Chelala, do coletivo Cem Flores.

Lançamento do livro Anti-Dimitrov 1935/1985 – meio século de derrotas da revolução
Autor: Francisco Martins Rodrigues
Apresentação: Ana Barradas
Debatedor: Fauze Chelala (Cem Flores)
Data: 07/03/2020
Hora: 16h30
Local: Na Figueredo (Gentil Bitencourt, 449), Belém/PA.

O livro será lançado também, com apresentação e debate, nas seguintes cidades:

Recife/PE
Dia 14 /03/2020, sábado, às 10h.
Local: Baderna Literária-Café.
Rua São Gonçalo, 82 – Boa Vista.

Salvador/BA
Dia 21/03/2020, sábado, às 09h.
Local: Sede do CEAS.
Rua Aristides Novis 101 – Federação.

Rio de Janeiro/RJ
Dia 26/03/2020, quinta-feira, às 18h.
Local: Armazém do Campo
Rua Mem de Sá, 135 – Lapa.

São Paulo/SP
Dia 02/04/2020, quinta-feira, às 19h.
Local: PUC/SP (Perdizes).
Rua Monte Alegre, 984 – Perdizes.

- 04/03/2020