Sobre a Crise do Imperialismo e a Posição do Brasil. Resposta ao camarada Gabriel Harceia (Parte II)

Leonardo Nino 13.11.2011 II – A posição do Brasil no sistema mundial do imperialismo: “regressão a uma situação colonial de novo tipo” ou “agravamento da dependência”? Como afirmamos na primeira parte desta nossa resposta (Sobre a Crise do Imperialismo e a Posição do Brasil. Resposta ao camarada Gabriel Harceia), para nós é somente a partir daquele conjunto de teses, e do campo que ele representa na luta de classes, que podemos partir para a discussão específica das questões e críticas […]

Leia mais

Resposta ao camarada Gabriel Harceia

Prosseguindo no debate sobre a reconfiguração da formação econômico-social brasileira e sua inserção na economia mundial, postamos abaixo uma parte inicial da resposta do camarada Leonardo Nino aos comentários postados por Gabriel Harceia sobre o texto “Caleidoscópio de erros ou o ‘dernier cri’ da ideologia dominante“. Os comentários de Gabriel Harceia podem ser acessados neste “link”. Sobre a Crise do Imperialismo e a Posição do Brasil. Resposta ao camarada Gabriel Harceia. Leonardo Nino 12.08.2011 Prezado camarada Gabriel Harceia, saudações comunistas. […]

Leia mais

A alquimia do governo Lula: como transformar trabalhadores brasileiros em chineses

Coletivo Cem Flores – 01/maio/2011 “Sentindo que a violência/ Não dobraria o operário/ Um dia tentou o patrão/ Dobrá-lo de modo vário./ De sorte que o foi levando/ Ao alto da construção/ E num momento de tempo/ Mostrou-lhe toda a região/ E apontando-a ao operário/ Fez-lhe esta declaração:/ – Dar-te-ei todo esse poder/ E a sua satisfação/ Porque a mim me foi entregue/ E dou-o a quem bem quiser./ Dou-te tempo de lazer/ Dou-te tempo de mulher./ Portanto, tudo o que […]

Leia mais

Quinze anos da chacina de Eldorado do Carajás

No final da tarde de 17 de abril de 1996, há quinze anos, pelo menos 19 trabalhadores rurais sem terra foram assassinados pela Polícia Militar do Estado do Pará na curva do S, trecho da estrada PA 150 nas proximidades de Eldorado do Carajás. O que ocorreu naquele dia não foi o resultado casual, inesperado ou acidental de um confronto entre manifestantes sem terra e policiais militares. A PM do Pará – cumprindo sua vil função de aparelho repressivo de […]

Leia mais

Resposta ao Camarada R. N.

Após o envio de um e-mail para o endereço de nosso blog contendo críticas e contribuições, a nosso ver, importantes, vinculadas ao nosso último “post”: “O caleidoscópio da ideologia dominante”, resolvemos publicá-las como comentários a essa matéria, bem como, resolvemos debatê-las. O tamanho da resposta, bem como, sua importância, criaram a necessidade de fazê-la em um novo “post”. Segue abaixo nossa resposta. “Que cem flores desabrochem! Que cem escolas rivalizem!” Prezado camarada R.N., Agradecemos sua leitura atenta do nosso último […]

Leia mais

Caleidoscópio de erros ou o «dernier cri» da ideologia dominante

Nos últimos anos tem sido enorme a produção dos ideólogos da classe dominante para tentar demonstrar que nos dois mandatos de Lula, o nosso Lech Walesa tropical, graças à sua clarividente direção, o Brasil: teria seguido uma política econômica que lhe garantiu um contínuo crescimento nestes oito anos; teria garantido não só o crescimento econômico, como também o bem estar da população, com a redução da pobreza e o ingresso de milhões de “pobres” na “classe média”, ou mais precisamente […]

Leia mais

A tarefa candente para os revolucionários em todo o mundo é a de transformar a crise do imperialismo em revolução

(…) O idealismo e a metafísica são as coisas mais fáceis deste mundo porque, não sendo baseados na realidade objetiva nem submetidos à sua contraprova, permitem que as pessoas digam toda a espécie de disparates que lhes aprouver. O materialismo e a dialética, pelo contrário, exigem esforço. Devem ser baseados e comprovados pela realidade objetiva. Se não nos esforçamos nesse sentido haverá propensão para sermos arrastados para o idealismo e a metafísica (…) (TSÉ-TUNG, Mao.). [1] O primeiro ponto que é […]

Leia mais

A crise do imperialismo é a crise da divisão internacional do trabalho

Queremos apresentar aqui, de forma sumária e esquemática, um conjunto de teses que vimos discutindo sobre a conjuntura da luta de classes na crise do imperialismo, teses que nos propomos coletivamente a desenvolver, precisar e retificar. Conclamamos a todos os camaradas que participam de nosso trabalho coletivo a contribuir nesse processo. A tese que queremos levantar é: O imperialismo vive uma crise de qualidade e profundidade novas, a crise de uma nova divisão internacional do trabalho. A atual crise do […]

Leia mais

Praticar a crítica teórica

Combater a ideologia burguesa – quer ela se apresente a partir dos aparelhos ideológicos da burguesia; quer se manifeste no seio da classe operária; quer ainda em organizações ditas “de esquerda”, ou mesmo nominalmente “comunistas”, como expressão do oportunismo, do revisionismo e do reformismo – tanto na prática teórica e política na luta de classes, é uma tarefa imprescindível para todos os comunistas. É através desse combate sem tréguas que se fortalecem e se desenvolvem tanto o marxismo e sua […]

Leia mais

Algumas lições da crise para a nossa luta

A crise prolongada que o imperialismo vem atravessando nas últimas décadas entrou, desde agosto de 2007, em sua fase aberta. A superacumulação generalizada de capitais sem condições de serem aplicados na produção à taxa de lucro média obtida em períodos anteriores, somada à gigantesca destruição de capital fictício e ao travamento dos circuitos de crédito (interrupção da acumulação do capital portador de juros), tornam a crise atual a maior e mais importante desde 1929. Com esta crise se agravam todas […]

Leia mais
1 13 14 15 16 17