1917: O “golpe dos bolcheviques”

Há dez anos, a organização comunista Política Operária de Portugal, publicava em seu jornal o artigo abaixo reproduzido, de autoria de Francisco Martins Rodrigues. Como segue plenamente atual, tanto nos relatos dos acontecimentos da Revolução de Outubro como na crítica àqueles que tentam deturpar os fatos de um dos mais importantes acontecimentos da história, principalmente do ponto de vista da classe operária e dos povos de todo o mundo, oferecemos aos camaradas e leitores do Cem Flores a íntegra do […]

Leia mais

Uma contribuição à luta dos comunistas na Catalunha

O site Bandeira Vermelha publicou em 06/11/2017 três artigos debatendo a luta pela independência da Catalunha: Fetiches e superstiçons no process catalám – Reflexons para o debate, de Carlos Morais, Sem socialismo não há independência para o povo!, de Ana Barradas e A fraude da Catalunha, de António Barata. Os três artigos dão excelentes contribuições para a compreensão sobre a luta na Catalunha, buscando analisar os fatos de uma perspectiva proletária, marxista. Estimulados por esse debate queremos dar uma pequena contribuição à essa discussão. E pensamos […]

Leia mais

Outubro e nós (Parte I)

Neste período de comemorações dos cem anos da revolução de outubro trazemos, do recente número 25 da revista “O Comuneiro”, a primeira parte de um artigo intitulado “Outubro e nós” do camarada Ângelo Novo. Ângelo Novo faz parte daqueles comunistas que, do permanente exercício da sensibilidade, se encontraram com a revolução. Como diz na sua página pessoal, “Foi no desenvolvimento e aprofundamento da sua linguagem poética que ele se foi aproximando da teoria, história e prática revolucionárias, nas quais se acabaria […]

Leia mais

A Autoeuropa e a crise do sindicalismo – António Barata

O site Bandeira Vermelha publicou no último dia 26/10 artigo do camarada António Barata intitulado A Autoeuropa e a crise do sindicalismo. O artigo mostra, a partir da rejeição dos trabalhadores portugueses dessa montadora alemã ao acordo estabelecido entre a administração da empresa e a comissão de trabalhadores, a gritaria generalizada dos porta-vozes da classe dominante (inclusive daqueles no seio do movimento operário) à resistência operária que repudiou as decisões de seus “representantes” (na verdade representantes dos inimigos) A partir disso […]

Leia mais

Novo site do Cem Flores

Apresentamos aos camaradas e amigos o novo site do Cem Flores. O antigo blog é agora o site cemflores.org O objetivo que nos move é o mesmo. Contribuir para retomar a organização da classe operária no Brasil, o seu verdadeiro e independente instrumento de combate, a sua ferramenta de luta contra a exploração e a dominação capitalista. Contribuir para reconstruir o partido comunista proletário e revolucionário, o partido da classe operária, no Brasil. Para isso, temos claro que é necessário […]

Leia mais

O “bombardeio” ao trabalho continua no Brasil

Eu preciso também de um lugar para morar, né? Que não seja para mim, porque eu não sei o dia de amanhã, mas que seja para os meus filhos que estão aí crescendo, dois adolescentes, para deixar alguma coisa, para eles não ter que passarem a mesma história que eu passei. […] Às vezes, eu falo assim e a história passa na cabeça. Porque eu lembro dos meus filhos, lembro da minha mãe também passando muita humilhação, onde ela vinha […]

Leia mais

Construir um novo movimento comunista

  Temos claro que o principal problema do caminho revolucionário no Brasil passa pela reconstrução do Partido do Proletariado, o instrumento independente de luta da classe operária e do povo na revolução. A defensiva na luta da classe operária hoje é, em grande medida, resultado do fato de que há anos ela luta com a posição do inimigo no posto de comando, ela luta, em sua quase totalidade, sob a direção de organizações com posições burguesas (revisionistas, reformistas ou esquerdistas). […]

Leia mais

Vem aí o fascismo? por Francisco Martins Rodrigues

  Os que assim pensam, entendem o fascismo como um novo movimento, uma terceira força justaposta ao capitalismo e ao socialismo (e que os domina). Para quem partilha esta opinião, não só o movimento socialista, mas também o capitalismo teriam podido, se não fosse o fascismo, continuar a existir, etc. Naturalmente que se trata de uma afirmação fascista, de uma capitulação perante o fascismo. O fascismo é uma fase histórica na qual o capitalismo entrou; por consequência, algo de novo […]

Leia mais

O referendo na Catalunha e a autodeterminação dos povos.

Com a aproximação do referendo sobre a independência da Catalunha, marcado para 1° de outubro pelo governo local (“Generialitat”), assiste-se a uma escalada repressiva coordenada pela Espanha contra a luta do povo catalão. Considerando o referendo “ilegal”, as autoridades espanholas e seus “aliados”, inclusive de “esquerda”, agindo como verdadeiros representantes dos capitais espanhóis que são, têm utilizado de seu gigantesco aparato midiático e repressivo para sufocar a vontade da maioria popular e sua massiva mobilização. Diariamente, “comentaristas” falam da ilegalidade, […]

Leia mais
1 2 3 4 5 16